textimagens - rosaura soligo

sábado, 24 de setembro de 2011

lá em paraitinga


leonardo soares

A noite escura sem lua e estrela ventava um vento frio no chão vermelho do caminho que dá lá na capela do pinhal. Seco voava rodando o redemoinho alumiado de contra pela luz do curral vazio e já ajeitado pra lida do leite da manhã do outro dia, que haveria de nascer gelado com mato cor de prateado. A lâmpada clareava para forasteiro ter idéia que naquele longe de vizinho habitava morador, e dentro da roda de vento e poeira rodeando pé de árvore, de cachimbo no beiço preto rachado de frio de agosto, rodopiava saci. [Leonardo Soares]

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

bem-aventurados

leonardo soares













bem-aventurados
os que acreditam
que é proibido proibir.
eles reinarão na alegria
de inventar a vida,
que é esse afinal o paraíso.

domingo, 11 de setembro de 2011

com quem será?


2010. setembro, 11.

quando um pescador
de cacos de tempo
e uma cosedeira
de palavras poucas
se encontram
a uma certa altura da vida,
pode nascer uma coisa
meio assim que nem esta.

que venham muitos setembros
fecundar nossos desvãos.

[1 ano. 20 mil acessos.]

sábado, 10 de setembro de 2011

olhares | de fé

[edição de aniversário]                                                                                                                                                          leonardo soares

olhares | de zelo

‎[edição de aniversário]                                                                                        rosaura soligo

olhares | de pressa

‎[edição de aniversário]                                                                                       rosaura soligo

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

olhares | de dor

[edição de aniversário]                                                                                                                                                              leonardo soares

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

olhares | de sono

[edição de aniversário]                                                                                                                                                            leonardo soares

olhares | de sonho

[edição de aniversário]                                                                                                                                                            leonardo soares

olhares | de fumaça


[edição de aniversário]                                                                                                                                                            leonardo soares


olhares | de pedra

[edição de aniversário]                                                                                  leonardo soares

terça-feira, 6 de setembro de 2011

olhares | de ouro

[edição de aniversário]                                                                                         leonardo soares



olhares | de pau


[edição de aniversário]                                                                                                                                                            leonardo soares


domingo, 4 de setembro de 2011

olhares

















na mesma linha de mira, a cabeça, o olho e o coração [Bresson]
neste ano de vida foi sempre assim.
nestes anos da vida foi assim também.

[edição de aniversário]